Você está aqui: Página Inicial > Contents > Notícias > UFPB assegura em Brasília recursos para subestação 69kV
conteúdo

Notícias

UFPB assegura em Brasília recursos para subestação 69kV

publicado: 12/11/2021 12h54, última modificação: 12/11/2021 12h56
Parlamentares da Paraíba destinarão emenda de bancada para estruturar a instituição na área energética

Foto: Divulgação

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) obteve a confirmação de deputados federais e senadores paraibanos que será contemplada no Orçamento Geral da União de 2022 com recursos de emendas de bancada para a subestação de 69kV (quilovolts), com objetivo de estruturar a instituição na área energética. 

A Vice-reitora Liana Filgueira e equipe formada pelo Pró-reitor de Planejamento e dirigentes de Centros da UFPB retornam nesta sexta-feira (12) de Brasília (DF), após cumprirem agenda institucional durante esta semana na capital federal. Eles se reuniram com diversos parlamentares paraibanos ao longo da semana. 

O compromisso foi assegurado pelos parlamentares após reunião da bancada federal da Paraíba, nesta quarta-feira (10), conduzida pelo coordenador da bancada, Efraim Filho (DEM). A reunião contou com a participação de inúmeras autoridades e encheu o principal plenário da Câmara dos Deputados. 

De acordo com a Vice-reitora, a subestação 69kV e linha de transmissão é uma necessidade emergencial e estrutural da Universidade, que tornará possível a aquisição de energia elétrica em uma tensão mais elevada (69 kV), reduzindo custos de energia e gerando uma economia anual em torno de R$ 6 milhões. 

Nossa demanda, hoje, é bem maior do que a que contratamos com a Energisa. Ou seja, temos mais necessidade do que a Energisa pode nos fornecer, o que acarreta quedas de energia, queima de equipamentos, perdas de amostras biológicas”, explicou a Vice-reitora Liana Filgueira, referindo-se a pesquisas de vacinas e amostras relacionadas aos exames de Covid-19 que necessitam de armazenamento em refrigeradores a 80 graus negativos. 

Além da Profa. Liana, integraram a comitiva da UFPB o Prof. Paulo de Tarso, Pró-Reitor de Planejamento (Proplan); Prof. Marcel de Gois Pinto, diretor do Centro de Tecnologia (CT); Prof. Lucídio Cabral, diretor do Centro de Informática (CI); Prof. Manoel Bandeira, diretor do Centro de Ciências Agrárias (CCA); Prof. João Andrade da Silva, diretor do Centro de Tecnologia e Desenvolvimento Regional (CTDR); e Prof. José Givaldo Melquiades, diretor do Centro de Ciências Médicas (CCM). 

O deputado Efraim Filho destacou o momento simbólico e a demonstração de coesão, de unidade, “de uma bancada federal que amadureceu e sabe somar esforços na hora de defender a Paraíba”. 

A Profa. Liana Filgueira explicou que ainda não há definição sobre o valor que será destinado para a UFPB, mas que deverá ser divulgado na próxima semana. “Obtivemos êxito e, em nome da UFPB, agradecemos imensamente aos parlamentares paraibanos”, disse a Vice-reitora.

***

Reportagem: Aline Lins