Você está aqui: Página Inicial > Contents > Notícias > UFPB promove concurso para estimular o combate à corrupção
conteúdo

Notícias

UFPB promove concurso para estimular o combate à corrupção

publicado: 13/09/2021 18h48, última modificação: 13/09/2021 18h48
As inscrições começam no dia 11 de outubro e vão até 12 de novembro, por meio de endereço eletrônico

Foto: Divulgação

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) divulgou nesta segunda-feira (13) o regulamento da 5ª edição do concurso de vídeo “1 Minuto Contra a Corrupção”. A iniciativa, uma parceria da Reitoria da UFPB com a Controladoria Geral da União (CGU), tem como objetivo promover ações participativas da comunidade em geral para prevenir e combater atos de corrupção. Os interessados devem se inscrever entre os dias 11 de outubro e 12 de novembro, por meio de endereço eletrônico.

A iniciativa é realizada por meio da Pró-Reitoria de Extensão (Proex/UFPB) e pela CGU, com o apoio do Fórum Paraibano de Combate à Corrupção (FOCCO), que está sendo representado pelo Ministério Público Federal na Paraíba (MPF/PB).

O concurso será realizado em categoria única, sendo a inscrição individual, mas podendo ter orientação ou construção coletiva. Os participantes devem possuir idade mínima de 15 anos e podem concorrer com até dois vídeos.

De acordo com o Coordenador da Extensão Cultural (COEX), Prof. Jefferson Lacerda, a iniciativa busca trazer uma abordagem mais geral do que é corrupção. “A ideia não é falar apenas do que todos já conhecem como sendo corrupção, mas tocar em atitudes praticadas no dia a dia que muitas vezes não são vistas como tal, isto é, microcorrupção, que são pequenas corrupções que causam grandes impactos”, disse.

Serão aceitos curtas-metragens de todos os gêneros (ficção, clipe, publicidade ou documentário). Os vídeos deverão ter em média 1 minuto, com tolerância de 10 segundos a mais ou a menos, ser gravados em aparelho celular e autorizados pelo autor de modo que estejam disponíveis para livre visualização e reprodução do público em geral.

Durante a inscrição, o candidato vai preencher uma ficha técnica com os seus dados, inserir a sinopse do vídeo, especificações do celular utilizado para gravação, concordar com os termos de condições do concurso e colocar o link para o endereço do vídeo na internet.

Os curtas-metragens serão classificados de acordo com os seguintes critérios de avaliação: aderência ao tema, qualidade do roteiro, qualidade de vídeo e qualidade de áudio. Ao todo, serão premiados com um troféu e um certificado de premiação os três vídeos mais bem classificados.

Segundo Jefferson, um curta-metragem traz, por meio das artes, uma lição pontual, porém profunda sobre a temática. “Esses vídeos serão de uso público e podem, posteriormente, ser utilizados com fins ilustrativos e educativos”, destacou Jefferson.

Os vencedores serão informados no site do concurso até o dia 26 de novembro. A premiação e exibição dos vídeos vencedores ocorrerão dentro da programação do 16º Fest Aruanda, que será realizado entre os dias 9 e 15 de dezembro de 2021, na cidade de João Pessoa.

* * *
Reportagem: Carlos Germano
Edição: Aline Lins
Foto: Divulgação