Você está aqui: Página Inicial > Contents > Menu > Cooperação > Curso online de Mandarim
conteúdo

Curso online de Mandarim

por Larissa Guedes publicado 14/03/2023 14h26, última modificação 15/01/2024 14h01
Colaboradores: Larissa Guedes

A UFPB, através da Agência UFPB de Cooperação Internacional (ACI) e o Instituto de Estudos Linguísticos e Culturais da UFPB (InELC), ofertam um Curso online de Mandarim. O curso é uma ação decorrente do acordo de cooperação firmado entre a UFPB e a  Universidade de Dalian de Línguas Estrangeiras (DUFL - China) e tem o objetivo de  apresentar a língua chinesa na comunidade brasileira, explorando assim mais oportunidades para promover intercâmbios entre os povos dos dois países. 

Na UFPB, o curso é coordenado pela Profª. Ana Berenice Peres Martorelli, Diretora de Relações Interinstitucionais da ACI e Coordenadora de Estudos Asiáticos do InELC. Por outro lado, na China, a coordenação fica a cargo da profª Cheng Cuicui, Diretora do Instituto de Línguas Europeias da DUFL.

O curso é realizado integralmente de forma online, através da plataforma virtual Zoom, ministrado por professores chineses, vinculados à DUFL, falantes de língua portuguesa, e pioneiro no formato. Durante a Semana Internacional do Ensino da Língua Chinesa de 2021, o então Vice-Ministro da Educação da China, Tian Xuejun, atribuiu uma placa à "Online Chinese Language Classroom of the Federal University of Paraíba".

E em 8 de dezembro de 2023, a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) recebeu medalha de ouro na Conferência Mundial da Língua Chinesa (世界中文大会) pelos resultados obtidos com a parceria com a Universidade de Línguas Estrangeiras de Dalian (DUFL-China).

A UFPB foi uma das duas únicas universidades no mundo a ser contemplada com a premiação, que foi recebida pela Profª Ana Berenice Martorelli, Diretora de Relações Interinstitucionais da Agência UFPB de Cooperação Internacional (ACI-UFPB) e Coordenadora de Estudos Asiáticos do Instituto de Estudos Linguísticos e Culturais da UFPB (InELC), durante sessão especial da Conferência. A sessão abordava os casos de excelência nas parcerias linguísticas entre instituições chinesas e outras instituições internacionais.